Museu Hoje!

Museu - Acervos - Exposição - Conservação - Restauração - Cultura - Arte - História

Home Arte Arte Popular Brasileira

Arte Popular Brasileira

E-mail

Heitor dos Prazeres, Morro , 1965
óleo sobre tela, c.i.d.
144 x 102 cm
Reprodução fotográfica Antonio Rudge

Arte popular, segundo Cunha (2005), pode ser definida como a arte sem sofisticação, produzida fora do campo de arte erudita – as chamadas Artes Maiores ou Belas-Artes e as Artes Menores – e, supostamente, associada às raízes da consciência coletiva da população mais simples.

No Brasil, costumamos chamar de “arte popular”, a produção de pinturas, esculturas e modelagens feitas por homens e mulheres que não receberam ensino ou treinamento profissional específico, mas criam obras de reconhecido valor estético e artístico. Seus autores são gente do povo, o que, em geral, quer dizer pessoas com poucos recursos econômicos, que vivem no interior do país ou na periferia dos grandes centros urbanos e para quem “arte” significa, antes de mais nada, trabalho.

Suas produções possuem geralmente um colorido brilhante e não naturalista, a perspectiva não é exata e o aspecto geral é infantil. Entretanto, os artistas ditos populares ou “ingênuos” não são, necessariamente, amadores ou sem contato com os conhecimentos artísticos. Alguns artistas extremamente sofisticados têm buscado, intencionalmente, uma expressão ingênua, sobretudo a partir do século XX. A arte popular ou ingênua também é conhecida como naïve, palavra francesa que significa ingênuo.

Alimentando galinhas                                                     Casal
Luiza - Taubaté, SP                                                 Dona Isabel -
Vale do Jequitinhonha, MG

Acervo Museu Casa do Pontal                                  Acervo Museu Casa do Pontal

Apesar de fortemente enraizada na cultura e no modo de viver das pequenas comunidades nas quais tem origem, a arte popular exprime o ponto de vista de indivíduos cujas experiências de vida são únicas. Apresenta os principais temas da vida social e do imaginário — seja por meio da criação de seres fantásticos ou de simples cenas do cotidiano — numa linguagem em que o bom humor, a perspicácia e a determinação têm lugar de destaque. Talvez venha daí seu forte poder de comunicação, que ultrapassa as fronteiras de estilos de vida, situação sócio-econômica e visão de mundo, interessando a todos de uma maneira geral.

O mundo da arte popular brasileira — ou seja, o mundo dos costumes, das religiões e festas que se revelam por seu intermédio e lhe servem habitualmente de tema — é bastante complexo e dinâmico. As manifestações artísticas acontecem em todas as regiões do Brasil, e seus autores utilizam os materiais que têm à mão, como barro ou madeira, e ainda outros, como areia, palha, contas, tecidos e penas de aves. Para muitas pessoas, prestar atenção nos diversos estilos, cores e materiais que compõem as obras dos artistas populares, é um meio de descortinar um mundo de arte desconhecido. Conhecer essa produção também é conhecer melhor o Brasil e os brasileiros. E significa, sobretudo, fazer uma fascinante aventura pelos caminhos da imaginação humana.

 

Bibliografia:

BEUQUE, Jacques Van de. Texto de abertura da exposição permanente do Museu Casa do Pontal.

CUNHA, Almir Paredes. Dicionário de Artes Plásticas. Rio de Janeiro: UFRJ-EBA, 2005.

FLAESCHEN, Jandira H. F. Cerâmica Popular no Brasil. Pesquisa apresentada ao Curso de Graduação Tecnológica em Conservação e Restauração de Bens Culturais. Rio de Janeiro: Universidade Estácio de Sá, 2007.

Fonte das imagens:

http://www.itaucultural.org.br/aplicexternas/enciclopedia_ic/index.cfm?fuseaction=artistas_obras&acao=mais&inicio=1&cont_acao=1&cd_verbete=2010

http://www.popular.art.br/htdocs/obras.asp

http://www.popular.art.br/htdocs/obras.asp?ObraInicial=102

 

Pesquisar

Próximos Eventos

Outubro 2014
D 2a 3a 4a 5a 6a S
28 29 30 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31 1